A Rede

Um blog sobre as redes da vida e a vida das redes, por Dalberto Adulis

Na rede, digga-me com quem andas que digg-rei quem és

Posted by dalberto em 4 maio, 2007

Em pleno dia do trabalho um grande movimento agitou a Internet, mobilizando milhares de pessoas em torno a temas como liberdade de expressão , censura e direitos autorais. Os acontecimentos ilustram muito bem fenômenos como os que Howard Rheingold denomina como “smart mobs”, as mobilizações inteligentes de massas difusas através do uso das novas TICs. No caso trta-se da mobilização da comunidade de usuários de um dos símbolos da chamada Web 2.0, o Digg.

O Digg é um ambiente virtual em que usuários (mais de 1 milhão!) atuam como editores, postando notícias e votando nos artigos publicados por outros usuários que considerem relevantes. O sistema de “reputação” possibilita que os artigos mais votados aparecam nas primeiras posições, até chegarem na “homepage” do site. Com o crescimento exponencial de usuários e leitores, ocupar um espaço na primeira página do Digg se tornou algo cobiçado. O sistrma permite o livre exercício da participação e para alguns daria vazão à “sabedoria das massas” através da Internet. Entre as ferramentas com o mesmo princípio no Brasil pode-se destacar o “Eu Curti” e o Overmundo.

A “smart mob” de 1 de maio ocorreu a partir do momento em que um usuário publicou um código que permite quebrar o sistema de criptografia dos HD-DVDs, destinado a impedir cópias piratas de DVDs com novas tecnologias. O código de 24 caracteres foi publicado em um artigo com o título “Espalhe este número. Agora”. Preocupadas com a proliferação do código as empresas detentoras da tecnologia HD-DVD ameaçaram processar os websites que divulgassem o código, entre eles o DIGG.

Preocupados com a ameaça a coordenação do Digg retirou a notícia do ar e quase instantanteamente uma reação em massa começou. Mais de 50 mil usuários postaram mensagens de desagravo, reclamando que a direção do Digg estava contrariando o princípio número 1 do sistema: permitir que o leitor decida o que deve ou não ter destaque no website.

Neste meio tempo um outro artigo, desta vez intitulado “Espalhe este número. De novo”, foi publicado, e a direção optou por tirá-lo do ar, assim como cancelar a conta do usuário que a publicou. A partir deste momento a revolta se espalhou e os usuários começaram a publicar o código e artigos contra o Digg no próprio website e em outros espaços, como como websites, blogs e vídeos.

Os dirigentes do Digg perceberam que se continuassem com a censura estariam “enterrando” a sua “galinha dos ovos de ouro” e decidiram enfrentar uma briga publicando, eles mesmos, os números do código. No final do dia Kevin Rose, fundador do Digg e até então cultuado como um dos “gurus da web 2.0”, declarou:

codigo

“Hoje foi um dia insano. Tivemos que tomar uma decisão, e, para evitar um cenário em que o Digg pudesse ser interrompido ou desativado, decidimos obedecer e remover todas as notas com o código.

Mas agora, depois de ver centenas de notas e milhares de comentários, vocês deixaram tudo claro. Vocês preferem cair lutando do que se curvar a uma companhia maior.

Nós ouvimos vocês, e não vamos mais apagar textos ou comentários com o código e vamos enfrentar as conseqüências. Se perdermos, que diabos, pelo menos vamos morrer tentando.”

 

O artigo de Rose apresentou o código de 32 caracteres no próprio tíulo “Digg This: 09-f9-11-02-9d-74-e3-5b-d8-41-56-c5-63-56-88-co “e já conta com mais de 35 mil votos.

 

Desde então já foram publicados inúmeros inúmeros artigos, cartazes, charges, músicas e videos com sobre o caso, alguns deles com muito bom humor (Ouça a Música e assista ao Vídeo Clip Digg the Code). Este caso ilustra como a Internet pode ser utilizada para mobilizar pessoas dispersas em torno de interesses comuns e pode nos inspirar a pensar em maneiras para utilizar “a rede” na construção de um mundo mais justo e sustentável!

 

jesus

Anúncios

4 Respostas to “Na rede, digga-me com quem andas que digg-rei quem és”

  1. […] Leia mais em: https://dalberto.wordpress.com/2007/05/04… […]

  2. […] Leia mais em: https://dalberto.wordpress.com/2007/05/04… […]

  3. Na rede, Digga me com quem andas e digg rei quem s

    “A grande mobilizao em torno da censura do Digg noticia sobre o codigo que quebrava a criptografia dos HD-DVD revela a capacidade de mobilizacao e mudancas atravs de uma rede como a Internet. O caso ilustra…”

  4. Marcelo said

    Muito interessante esta discussão, pois evidencia as ameaças emergentes no ciberespaço.

    Um Abraço,
    Marcelo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: